Papa: a tarefa do Espírito Santo

27/05/2019 Igreja

Papa: a tarefa do Espírito Santo

Nas palavras que proferiu antes do Regina Coeli hoje, o Papa Francisco comentou o Evangelho do dia (Jo, 14,23-29) quando Jesus se dirigiu aos Apóstolos na Última Ceia e falou “da obra do Espírito Santo”, o “Defensor”, que por meio dele apoiaria “na missão de levar o Evangelho para todo o mundo”.

“Durante a sua vida terrena, Jesus transmitiu tudo o que queria confiar aos Apóstolos: cumpriu a Revelação Divina, isto é, tudo aquilo que o Pai queria dizer à humanidade com a encarnação do Filho.  A tarefa do Espírito Santo é aquela de recordar, isto é, de fazer compreender em plenitude e induzir a realizar concretamente os ensinamentos de Jesus.”

O Papa, então, enfatizou que é bem essa a missão da Igreja, que atua através de um estilo de vida preciso, caracterizado por algumas exigências: “a fé no Senhor e o respeito à sua Palavra; a docilidade pela ação do Espírito Santo, que torna continuamente vivo e presente o Senhor Ressuscitado; o acolhimento da sua paz e o testemunho através de um comportamento de abertura e de encontro com o outro”.

“Para realizar tudo isso que a Igreja não pode ficar estática. Precisa se libertar dos laços mundanos representados pelos nossos pontos de vista, pelas nossas estratégias, pelos nossos objetivos, que muitas vezes sobrecarregam o caminho da fé; e nos colocar em dócil escuta da Palavra do Senhor. Assim é o Espírito de Deus que nos guia e guia a Igreja para que através dela brilhe o rosto autêntico, belo e luminoso, desejado por Cristo.”

Francisco enaltece o convite feito pelo Senhor, que nos convida a abrir o coração ao dom do Espírito Santo para nos guiar pelos caminhos da história e “para que possamos acolher a Palavra de Deus e testemunhá-la com a nossa vida”.

“Ele, dia a dia, nos educa à lógica do Evangelho, à lógica do amor acolhedor, ‘nos ensinando tudo’ e ‘nos recordando tudo aquilo que o Senhor nos disse’.”

Depois da Oração Mariana do Regina Coeli, o Papa fez as suas saudações finais, primeiro aos romanos e peregrinos. Depois, em especial, lembrou dos muitos jovens crismandos de Gênova presentes na Praça São Pedro que, no sábado (25), o visitaram no Vaticano.

A saudação e a bênção também foi dirigida aos peregrinos poloneses, que participam da grande peregrinação ao Santuário Mariano de Piekari Slaskie. E, por ocasião do “Dia do Alívio”, o Papa Francisco dirigiu um pensamento especial a quem se reuniu no Policlínico Gemelli, de Roma, para promover iniciativas de fraternidade com os doentes.

(Com Vatican News)

fonte: www.aleteia.org

Sobre nós

A Comunidade Esdras - Associação Bom Pastor é uma associação privada de leigos católicos, criada na cidade de Montes Claros-MG, que tem por objetivo a promoção da pessoa humana e o seu desenvolvimento integral. Desenvolve suas atividades através de programas radiofônicos diários, palestras, atendimentos pessoais, cursos em toda a região do Norte de Minas Gerais.

Entre em contato

Rua Grão Mogol, 313, Centro. Montes Claros - MG, 39400-056

(38) 3201-8144

Redes sociais

Desenvolvido por W42 - Tecnologia