Jornada Mundial da Juventude 2019: os jovens do Brasil no Panamá

16/01/2019 Igreja

Jornada Mundial da Juventude 2019: os jovens do Brasil no Panamá

Jovens brasileiros “do Sul e do Norte, do Leste, do Oeste, de todo o lugar” estão se preparando para embarcar rumo à Cidade do Panamá para a Jornada Mundial da Juventude, que acontece de 22 a 27 de janeiro com a presença do papa Francisco. Para muitos, a preparação teve início ainda em 2016, quando foi anunciada em Cracóvia, na Polônia, onde a jornada aconteceria, retornando para a América depois da JMJ Rio 2013. Em grupos ou até mesmo sozinhos, os jovens responderam com sim generoso o convite do Papa Francisco e do próprio tema da JMJ “Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua palavra (Lc 1, 38)”.

Para Letícia Mazzoni, da diocese de São José do Rio Preto (SP), o que a motiva é estar sempre mais próxima de Jesus, sempre buscando um encontro mais profundo com Ele, e a JMJ é um desses grandes momentos para estar com outros jovens agradecendo e louvando a Deus na alegria de ser Igreja. Letícia irá com um grupo de 21 jovens para o Panamá (foto de capa). “Acolher o convite do Papa para nós é uma graça e estar com jovens do mundo inteiro que buscam também estar sempre próximos de Jesus é maravilhoso”, conta.

Missa de envio dos jovens, na diocese de Jundiaí

É também o sentimento do jovem Tiago Paneque, de 22 anos, da diocese de Jundiaí (SP). Para ele, a experiência da JMJ transforma a vida do jovem, que vai como peregrino e saí como missionário, levando a alegria daqueles poucos dias para a vida inteira e também para a sua comunidade. “Quem vive uma jornada ganha novos motivos para viver, novas coisas para acreditar e novos sonhos para sonhar. É realmente um reavivamento da nossa fé e mostra que a nossa juventude pode ser mais bela seguindo os passos de Jesus, saindo em missão, sendo um peregrino em ação e amor”, testemunha o jovem

Com eventos, rifas, venda de produtos artesanais, pão de mel, ajuda de familiares e da comunidade paroquial ou com as economias pessoais, os jovens foram se preparando financeiramente para a viagem. Agora, com a proximidade do evento, os brasileiros estão sendo enviados de suas dioceses para a experiência, que muitos participam pela primeira vez.

Eduardo Augusto Belão, de 26 anos, é seminarista em Jundiaí (SP) e conseguiu o valor necessário vendendo aproximadamente 60 cadernos com capas artesanais que ele mesmo produziu, além de tapetes de crochê feitos pela mãe, marca-páginas, panos-de-prato e porta-moedas feitos por uma amiga que os doou para ajudá-lo, além de rifa de bolo, chocolates etc. “Vou representando tantas pessoas que me ajudaram, levando no coração e rezando por muitos irmãos das paróquias que trabalhei, amigos, seminaristas, padres e muitos jovens ligados ao Setor Juventude, que pediram para representa-los com o coração”, conta o jovem que se inscreveu como voluntário.

Para alguns jovens será também a primeira viagem internacional, com direito a tirar passaporte e toda burocracia necessária, como para o jovem Tiago Oliveira, de 28 anos, da cidade de Rio Novo do Sul, diocese de Cachoeiro de Itapemirim (ES). O jovem irá com mais dois amigos. A paróquia ajudou pagando a inscrição como forma de incentivo, eles parcelaram os custos da viagem e receberam ajuda.

Lembranças de Nossa Senhora Aparecida

Como tradição, os jovens nas jornadas trocam lembranças, uma forma carinhosa e fraterna de amizade. Além de tudo mais que precisará para os dias de JMJ, Tiago e os amigos estão levando fitinhas e imãs de geladeira de Nossa Senhora Aparecida. “Sou muito devoto de Nossa Senhora Aparecida. Será uma forma de demonstrar a fé brasileira, nossa devoção à Mãe Aparecida, e também deixar com os jovens de outros países esse amor nosso por Maria”, conta.

No site Jovens Conectados, é possível encontrar dicas práticas que vão contribuir na preparação dos jovens que vão participar da JMJ Panamá 2019. 

 

Por Adilson Jorge/Jovens Conectados

Fonte: CNBB - http://www.cnbb.org.br/jornada-mundial-da-juventude-2019-os-jovens-do-brasil-no-panama/

Sobre nós

A Comunidade Esdras - Associação Bom Pastor é uma associação privada de leigos católicos, criada na cidade de Montes Claros-MG, que tem por objetivo a promoção da pessoa humana e o seu desenvolvimento integral. Desenvolve suas atividades através de programas radiofônicos diários, palestras, atendimentos pessoais, cursos em toda a região do Norte de Minas Gerais.

Entre em contato

Rua Grão Mogol, 313, Centro. Montes Claros - MG, 39400-056

(38) 3201-8144

Redes sociais

Desenvolvido por W42 - Tecnologia